Translate

quarta-feira, 31 de agosto de 2022

ILYA NGOMBE...

 Ilya ngombe. Sanji kajila!

- Coma boi. Galinha é (como) passarinho! O mesmo que festeje com fartura!

Tal aforismo é recitado quando alguém sobrevive de uma "morte certa", de uma catástrofe, de um acidente, de uma doença prolongada, etc.

 Ilya ngombe. Sanji kajila!

sexta-feira, 10 de junho de 2022

TUJI KWOKOSOKOSO

Yowibwisa tuji kwokosokoso, omula bê wanoñina?!

- Estás a perguntar porque o outro tem fezes no calcanhar, onde está direccionado o ânus?
Essa frase é chamada quando alguém coloca questões óbvias.
Exemplos: perguntar se está cansado alguém que saia, a pé, da Chibia ao Lubango ou do Kabutu ao Mbangu-de-Kuteka; perguntar se tem fome a alguém que se sabe que não comeu o dia todo; perguntar se está triste quem perdeu um familiar, etc.

Sabedoria ambundu (Kibala)
Recolha: Soberano Kanyanga

quarta-feira, 25 de maio de 2022

FUJI JA MAHUNDU

 

Fuji ja mahundu muxitu umuwika!

(Sabedoria ucokwe)

» Apesar da correria desordenada e competitiva dos macacos, o lugar de repouso/destino é o mesmo!
» Um dos momentos em que o adágio é aplicado é quando se anda em caravana automóvel e alguns procuram ganhar vantagem sobre os outros, pondo em risco a segurança individual e colectiva.
 
Fuji ja mahundu muxitu umuwika!

quinta-feira, 14 de abril de 2022

OMUNU KELUNGI

 Wokwete okambwa kaye kaiñila kelungi!

» Caçador que tenha cão não precisa de entrar em grutas (à procura de animais).

» Quem tem bons amigos pode servir-se deles para superar desafios.

 Wokwete okambwa kaye kaiñila kelungi!


Sabedoria ovimbundu

Créditos: Gociante Patissa


terça-feira, 8 de março de 2022

NDU BOXI NDU MUKIÑI

 Equivalente, em Português, a "uma na barra outra na trave" ou um olho na missa outro no padre, ou ainda, um olho no peixe e outro no gato!

Uma das inúmeras interpretações/lições deste aforismo é que não há inimigos ou amigos eternos; não deve haver confiança perpectua (de que o gato não vá mexer no peixe na grelha)...

Ndu boxi, ndu mukiñi.

Sabedoria ambundu (Lubolu e Kabala)

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

KUTU KAMBA

 Kutu kamba kula kwandi ki kula, ka podiko vyoka nfumwandi ntu.

A orelha por mais que cresça nunca ultrapassa a altura da cabeça.

# O chefe é sempre chefe. O mais velho é sempre mais velho.
» Cresça e exponha-se mas tenha sempre em conta quem tem maior poder.

Sabedoria ibinda (com Henrique Bitebe)

quinta-feira, 11 de novembro de 2021

KWATUNDU YOYA KWETE KYAMA!

A máxima tem várias aplicações e vários sentidos.
» De onde haja pêlos há animal (escondido).
» Onde tenha saído mensageiro há comunidade!..
» Na caça de pequenos animais escondidos em tocas, regra geral, manda-se um "guia" (mundjondja) para aferir a existência do procurado. A presença de pêlos na ponta do guia é sinônimo de existência de animal.
» Encontrar trilhos ou sinais de fogo em zonas recônditas é sinônimo de presença humana. 
» Numa contenda e distensão familiar, a presença de emissário é sinónimo de reaproximação.

KWATUNDU YOYA KWETE KYAMA!

sexta-feira, 1 de outubro de 2021

KIZANGA KYAKAMBE NGANDU

» Kizanga kyakambe ngandu akitamba nyi maku!
» Em represa sem jacaré pesca-se com as mãos!
» O mesmo que "em casa sem gato os ratos brincam por cima da mesa".


(Com Domingos Makokelu, Rádio Luanda)

sábado, 11 de setembro de 2021

WOWA UHAJI!

Ignorância é doença


Sabedoria ambundu

sábado, 7 de agosto de 2021

JISABU NYI KWIJYA

BWAKAMBE JISABU BWAKAMBE OKWIJYA!

Onde rareiam adágios escasseia o conhecimento.

Sabedoria Ambundu

quinta-feira, 1 de julho de 2021

MULELE UMOXI

 Mulele umoxi utuxi!

Wadisoko nyi mona umoxi.
» Um só pano é nudez. Equivale a ter filho único!


Sabedoria ambundu.

domingo, 6 de junho de 2021

MBIJY YA KUTU MOSI

 Mbuta muntu kadyangako mbiji kutu mosi ko!

» Um mais velho/adulto não deve "comer" um animal que tenha apenas uma orelha.

» Um líder/juiz não deve (numa contenda) ouvir apenas umas das partes.

- Se alguém lhe transmite informação em desabono de outrem, chame o acusado e peça que o informante reexplique na presença do acusado.

Sabedoria bakongo (com João Zadi)