Translate

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Ekepa kalilinasi l'ositu

Ekepa kalilinasi l'ositu, omunu kavokendi lomwenho.
O osso não é deitado fora com a carne, a pessoa não é sepultada com vida (sentido literal).

O osso está para a carne assim como a pessoa está para a vida. Este provérbio pode ser proferido quando se pretende ensinar ou elucidar alguém sobre a importância da relação existente entre a pessoa, as partes do seu corpo e a própria vida. A relação existencial que se observa nas duas orações do provérbio, permitem inferir a construção de uma metonímia, pois a preciosidade da carne e da pessoa humana é aferida por uma das suas partes. É que não há carne sem osso, mas também não há vida humana sem pessoa.
Sabedoria Ovimbundu
 

2 comentários: